Notícias

Revista Sociedade em Debate faz uma parceria com o VIII Seminário de Políticas Sociais no Mercosul - SEPOME

2021-09-02

Um acordo entre a Comissão Editorial da Revista e a Comissão Organizadora do VIII Seminário de Políticas Sociais do Mercosul (SEPOME) definiu que os quinze melhores trabalhos apresentados serão avaliados pelos revisores e, em sendo aprovados, serão publicados em uma edição especial da Revista Sociedade em Debate.

Saiba mais sobre Revista Sociedade em Debate faz uma parceria com o VIII Seminário de Políticas Sociais no Mercosul - SEPOME

Edição Atual

v. 27 n. 2 (2021): Sociedade em Debate
					Visualizar v. 27 n. 2 (2021): Sociedade em Debate
Publicado: 2021-08-30

Expediente

Editorial

Artigos

Ver Todas as Edições

Sociedade em Debate foi iniciada em 1995, por iniciativa de professores da Escola de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas. Manteve publicação regular e, em termos de conteúdo, tem sido pluritemática.

A reestruturação da mesma, realizada em 2006, por ocasião de sua incorporação pelo Mestrado em Política Social contemplou duas questões: a endogenia da publicação, tornando-se mais plural em termos de colaboradores e temáticas e o esquema de divulgação e distribuição, tornando-se de abrangência nacional.

Em 2011 foi cancelada a versão impressa e a partir de 2012 será publicada unicamente a versão online.

Está vinculada ao Programa de Pós-graduação em Política Social e Direitos Humanos do Centro de Ciências Sociais e Tecnológicas da Universidade Católica de Pelotas - UCPel.

A Sociedade em Debate tem centralidade temática não exclusiva, abordando assuntos relacionados à realidade social contemporânea e objeto de preocupação do Programa de Pós Graduação em Política Social e Direitos Humanos.

Pretende se constituir em um espaço plural, divulgando, difundindo e debatendo as produções científicas relacionadas às Políticas Sociais, ao Serviço Social e aos Direitos Humanos. Nomeadamente pretende influenciar uma nova cultura acadêmica na região, colocando em debate, como o seu próprio nome indica, a sociedade brasileira em suas vertentes sociais e econômicas, nas suas interfaces com outras culturas e etnias. Pretende, ainda, marcar sua produção como uma perspectiva crítica e atenta aos desdobramentos pelos quais vem passando a sociedade brasileira e, especificamente, o sul do país, que vem sofrendo, como todo o território nacional reiteradas tentativas de desmonte dos direitos sociais, tão arduamente conquistados.

Os intelectuais, pesquisadores e acadêmicos do Serviço Social, Direito e áreas afins, terão em Sociedade em Debate um veiculo para reconstrução de processos analíticos e interventivos que contribuam para a qualificação de políticas sociais na perpspectiva emancipatória e para a defesa dos direitos humanos.

A periodicidade até 2017, n. 23, v. 02 era semestral, passando a partir de 2018 n. 24, v. 01 a ser quadrimestral, podendo-se editar números especiais, abrangendo Anais de eventos e outras modalidades de publicação, aprovadas pela Comissão Editorial. Cada número deverá conter um editorial assinado pelo editor, ou por um especialista da área temática da publicação. O sumário também deve ser apresentado nos idiomas português e inglês. Publica artigos nos idiomas Português, Espanhol e Inglês (este último com versão simultânea em Português).

A partir do V.18, n.1, Sociedade em Debate começa a circular somente na versão online com ISSN 2317-0204.